COMTUR e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo iniciam trabalho para implantação da “Rota do Chá” em Registro

O primeiro passo foi a realização do Roteiro Experimental do COMTUR que reuniu mais de 30 pessoas com interesse no desenvolvimento do turismo na cidade para uma visita técnica aos patrimônios da Imigração Japonesa.

Por Francine 05/10/2017 - 09:00 hs
Foto: Prefeitura de Registro
COMTUR e Secretaria Municipal de Cultura e Turismo iniciam trabalho para implantação da “Rota do Chá” em Registro
Roteiro turístico em Registro

No último dia 26/09 o município de Registro deu um passo memorável na direção do desenvolvimento ligado à cadeia produtiva do turismo. Por meio de uma ação orquestrada pelo COMTUR e pela Prefeitura de Registro, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, foi realizado o 1º Roteiro Experimental do COMTUR.

Mais de 30 pessoas com interesse no desenvolvimento do turismo na cidade participaram de uma visita técnica aos patrimônios da Imigração Japonesa para elaboração de um roteiro turístico. A inciativa surgiu com o propósito de que um grupo misto de interessados e convidados conhecessem, analisassem e opinassem a respeito das necessidades e potencialidades para a implementação do Roteiro Turístico “ROTA DO CHÁ”.

Roteiro turístico em Registro

O ponto de partida foi a sede da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, onde o Secretário da pasta, Carlos Alberto Pereira Júnior e a responsável pelo segmento, Maurizia Moura, receberam os participantes da excursão turística.

“Todos vocês foram convidados para iniciarmos um trabalho que pode mudar o turismo de Registro. Por este motivo reunimos todos vocês, de diversos segmentos, para que possamos unir forças e ideias em prol do desenvolvimento turístico da nossa cidade. Temos cultura, tradição, história, uma infinidade de elementos que agregam um valor inestimável ao passado e ao futuro de Registro. Com o COMTUR diretamente envolvido neste projeto, buscamos envolver estudantes, entidades, professores, empresários e interessados que ajudarão a construir este roteiro”, destacou Carlos Alberto.

Roteiro turístico em Registro

O Presidente do COMTUR, Rubens Shimizu, explicou a importância deste trabalho para a preservação das culturas praticadas nas propriedades rurais. “O Sistema Agroflorestal – SAF é uma tradição que contribuiu muito para que os produtores restaurassem florestas e recuperassem áreas degradadas.”

TRASLADO - O roteiro teve início no Cruzeiro da Seicho No Ie, na cabeceira da ponte da BR-116, passando pelo Parque Beira Rio, o Portal (Toori), Memorial (provisório) da Imigração Japonesa, Centro Cultural KKKK (onde abriga o SESC- Registro), Casa Watanabe, Casa Omuro, Casa Oshika, Hotel Registro e Igreja Matriz S. Francisco Xavier.

 O roteiro seguiu pelo Ribeirão de Registro onde todos conheceram o Juncal da Senhora Susu Okiyama e a casa tombada pelo IPHAN. O primeiro ponto de parada foi na Associação Cultural Nipo Brasileira, localizada no bairro Raposa. Na ocasião, o grupo experimentou o suco da fruta da Juçara, suco de maracujá e pudim de tapioca, gentilmente preparada pela Associação de Senhora do bairro.

 O Presidente da Associação Comercial de Registro, Renato Zacarias, disse ter ficado surpreendido com tudo que viu. “É impressionante o potencial do turismo de Registro. Temos uma história valiosa. A ACIAR está à disposição para ajudar no projeto de Revitalização da Comunidade Rural”.

 A representante do Instituto Federal de São Paulo – IFSP-Registro, Akemi Hijioka, que também faz parte do Comitê Técnico de Projetos do Bunkyo, explica que a proposta é elaborar um produto turístico de forma sustentável. “Temos uma riqueza de história e de pessoas muito grande. Este roteiro permitirá que a nossa história ganhe mais amplitude”.

 O SENAC Registro também participou do roteiro com a docente do curso técnico em Guia de Turismo, Walaka Batista. Para ela foi uma experiência importante, principalmente para os alunos do curso, que vivenciaram a Rota do Chá e estudaram todo o processo de estruturação de um roteiro turístico.

 A caravana seguiu para a fábrica de esteira do Sr. Shigueo Yamamoto e seu filho André, onde os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer a fibra de junco sendo partida, secada e o processo de transformação em uma esteira de praia.

 O Presidente da Associação de Confraternização das Cidades Irmãs Registro/Nakatsugawa e integrante do Comitê Técnico de Projetos do Bunkyo, Kunihiko Takahashi, disse que a ideia é desenvolver a vocação de Registro, mas focada para o turismo. “O propósito é gerar emprego e renda de forma sustentável e associando o agroecoturismo. Inclusive pretendemos ampliar este projeto com a Agência de Cooperação Internacional do Japão – JICA para fornecer suporte técnico aos produtores ligados a Rota do Chá”.

 O roteiro passou ainda pela Casa Hokugawa (Casa da Pedra ou Casa do Riacho) e seguiu para a igreja Episcopal e Casa do Sr. Fukazawa, no bairro Manga Larga. O último ponto de parada foi na casa do Chá Obaatian, onde a comitiva foi recepcionada especialmente pela proprietária do chazal, a Sra. Ume Shimada, com o tradicional chá preto.

 Durante a degustação, gentilmente preparada pela família Shimada, a Sra Terezinha Eiko e o Sr. Leo apresentaram reportagens sobre o chá Obaatian, inclusive com matérias especiais realizadas por uma emissora japonesa.

 PRÓXIMO PASSO - Com base nos contatos da lista de presença dos participantes do roteiro, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo irá efetuar uma avaliação sobre o roteiro experimental realizado. A partir deste ponto, terá início a formatação do Roteiro Turístico “Rota do Chá” e em breve um projeto envolvendo a Rota do Chá será realizado em Registro.