Taxa de mortalidade infantil cai em Registro

Apesar da queda, números ainda estão acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde

Por Fagner Vieira 20/10/2017 - 21:57 hs

Em Registro, segundo dados do Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade infantil é de 16,9 por mil nascidos vivos. Os números são de 2014, último relatório divulgado pelo Ministério da Saúde e a média de Registro ficou acima da estadual (11,46) e da nacional (12,89).

Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, o valor considerado aceitável é 10. Apesar de estar acima da média o índice apresentou uma queda de 19,9% comparado com os dados de 2013. Em 2010 a taxa chegou a ter o índice de apenas 7,37.

No Vale do Ribeira, os maiores índices são os de Pariquera-Açu (34,38), Barra do Turvo (32,26) e Iguape (31,95). A cidade com a menor taxa de mortalidade infantil no mesmo período foi Sete Barras com apenas 5,21. Juquiá não apresentou dados no relatório.

As taxas de mortalidade infantil são geralmente classificadas em alta (50 ou mais), média (20 – 49) e baixas (menos de 20) em função de valores alcançados em sociedades mais desenvolvidas.  Altas taxas de mortalidade infantil refletem, de maneira geral, baixos níveis de saúde, de desenvolvimento sócio econômico e de condições de vida.