Empreendedoras realizam Bazar neste sábado

Bazar das Meninas será realizado a partir das 9h, na Rua Silvio Carneiro Braga, n° 45, em Jacupiranga

Por Mariana Areco Torres 09/03/2018 - 21:20 hs

Com o objetivo de expor mais os negócios, apresentar seus produtos e se aproximar do público que um grupo de mulheres empreendedoras, grande maioria mães, se juntaram para realizar um Bazar. Na primeira edição tiveram pouca procura, na 2ª foi um sucesso e a 3ª, que será realizada amanhã, à partir das 9h, no Centro de Jacupiranga (Rua Silvio Carneiro Braga, n°45), promete superar as expectativas.

Moda bebê, moda fitness, doces, peças em crochê, bijuterias, entre tantos outros produtos estarão à venda para o público que quiser conferir as novidades, aproveitar os descontos especiais e ainda participar dos sorteios de brindes. 

Fora a venda dos produtos, o Bazar também tem como objetivo movimentar o comércio da cidade e oferecer momentos de descontração entre as mulheres. 

Uma das participantes do Bazar, a artesã Siléia Aparecida Kanzler Martinelli, conta sobre como entrou no mundo de ter seu próprio negócio. 

“Mudei de Curitiba para Jacupiranga e logo me inclui na sociedade com o artesanato e, junto com outros artesãos reabrimos a casa do artesão de Jacupiranga. Logo após surgiu a necessidade de ganhar um pouco mais para aumentar a renda familiar e assim fui para outra parte que amo fazer: que é a culinária. Ai, comecei a fazer pastel em 2014 e estou vivendo dele até hj”, conta.

Para a farmacêutica e empreendedora L'Bel Brasil, Josiane Oliveira, no começo foi difícil, pois se sentia muito insegura. 

“De início com muita insegurança, sem qualquer experiência, a venda direta entrou em minha vida como forma alternativa de ganho financeiro e possibilidade de flexibilidade de horário após 10 anos de atuação como responsável técnica farmacêutica em drogaria. Anteriormente cheguei a produzir aromatizantes (que adoro!), mas foi na venda direta que me identifiquei, me senti realmente desafiada e estimulada gerando um desenvolvimento pessoal muito grande e ainda  podendo auxiliar outras pessoas a se descobrirem também neste mercado. Na venda direta, como forma de empreendedorismo, acredito que os bons resultados venham da escolha certa do ramo que você quer atuar (você precisa gostar e se sentir a vontade!), no meu caso cosméticos/maquiagem, aliado as condições que a empresa te oferece e constante estudo, aperfeiçoamento, leitura... estar atualizada assim como em outros ramos de atuação”, explica.

Uma das organizadoras do Bazar, Danieli Zanon Kindlmann, explica que o evento surgiu de um bate papo entre amigas que vendem seus produtos no porta a porta. 

“Foi uma maneira que encontramos de ampliar nossa cartela de clientes, expor nossos produtos e ainda sair da rotina. É sempre muito divertido estarmos juntas”, conta.