Moradora de Registro é perseguida por homem armado no centro da cidade

Mulher estava com sua bebê de colo e conseguiu pedir socorro

Por Redação 01/05/2018 - 22:57 hs
Foto: Google Maps

Por volta das 11h00 da manhã desta terça-feira (1°), Yasmin, moradora de Registro, estava caminhando pela avenida H. Matsusawa próximo ao viaduto, quando ouviu uma buzina, não dando atenção. Continuou andando e ouviu novamente a buzina, foi quando resolveu olhar e notou que o rapaz que dirigia o veículo a convidava a entrar em seu carro.

Yasmin não deu atenção e continuou caminhando, mas o motorista continuava seguindo-a lentamente.

A vítima conta que o homem parou o carro e seguiu andando em sua direção, mas ela atravessou a rua para despista-lo e entrou em uma loja do comércio.

Quando a mulher olhou para trás, o indivíduo levantou a camiseta para mostrar que estava com uma arma em sua cintura, e logo entrou no carro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desesperada a vítima pediu ajuda para um carro que estava estacionado com um casal e uma criança. Imediatamente o casal lhe deu uma carona levando-a até a casa de um familiar.

Yasmin conta que quando ela entrou no carro o homem acelerou o veículo e foi embora.  “O nervoso e o medo era tanto que eu só queria sair dali e acabei não conseguindo ver a placa e nem prestar atenção na fisionomia do rapaz”, contou Yasmin.

Segundo ela, nesta quarta feira (2), seu marido irá solicitar as gravações das câmeras de segurança do comércio local em busca de provas que possam ser apresentadas à Polícia para que assim possam registrar Boletim de Ocorrência.

Yasmin contou ainda em desabafo na sua rede social que a mãe de uma amiga havia passado por uma situação muito parecida também nesta terça-feira. Ambas as vítimas alegam as mesmas características. Homem alto, magro, vestindo camiseta azul marinho, calça jeans e boné preto. O indivíduo dirigia um carro Gol vermelho, quatro portas.

Qualquer suspeita deve ser encaminhada direta e imediatamente à Polícia. A Polícia orienta que a população não reaja e que em situações de perigo seja acionada a Polícia Militar através do telefone 190, no Disque PM – 0800 0555 190 ou Disque Denúncia – 181