Operação Feriado Dia do Trabalhador da PRF acaba com 2 mortes e 56 feridos


Operação Feriado Dia do Trabalhador da PRF acaba com 2 mortes e 56 feridos

34 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool

Por Mariana Areco 02/05/2018 - 16:00 hs
Foto: Divulgação

 

Realizada entre a 0h do dia 27 de abril até às 23h59 do dia 1º de maio, a Operação Dia do Trabalhador da Polícia Rodoviária Federal no estado de São Paulo contou com fiscalização especialmente direcionada por parte dos agentes da PRF às infrações que possuem maior potencial de causar acidentes e mortes nas rodovias, sendo elas: alcoolemia ao volante, excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas.

Durante a operação os policiais rodoviários federais registraram 730 flagrantes de excesso de velocidade; 34 motoristas conduzindo sob efeito de álcool, dos quais dois acabaram presos por estarem conduzindo seus veículos sob efeito de álcool acima do limite considerado como crime de trânsito e 161 motoristas autuados por ultrapassagem proibida.

 

Acidentes

Foram atendidos pela PRF nas rodovias federais no estado de São Paulo 53 acidentes no período da operação, os quais resultaram em: 56 pessoas feridas; 2 pessoas mortas.

Foram dois os acidentes com morte, sendo que ambos ocorreram no dia 27 de abril, primeiro dia da operação. Às 0h37, na Via Dutra, em São José dos Campos, um condutor perdeu o controle de seu veículo colidindo contra uma barreira física da rodovia sendo fatalmente vitimado. Já por volta das 21 horas, na Rodovia Régis Bittencourt, município de Embu das Artes, um homem foi atropelado por um caminhão vindo a falecer no local do acidente.

Em comparação aos índices do feriado de 1º de Maio do ano passado, ressalvando que em 2017 o feriado prolongado teve um dia a menos (foram 4 dias de operação em 2017 contra 5 dias em 2018), foram registrados:

Redução de 22% nos acidentes (de 68 para 53);

Redução de 16% nos feridos (de 67 para 56);

Aumento de número de mortos, de 1 em 2017 para 2 em 2018.