A temperatura do asfalto pode machucar a pata do seu animal

De acordo com o Instituto Santo Pet, quando está 31ºC, o asfalto pode estar com aproximadamente 62ºC

Por Gabriel Henrique 11/01/2019 - 14:00 hs
Foto: Unsplash

 

O verão chegou já registrando temperaturas bem altas, e o sol, já está brilhando no céu de maneira mais intensa que o resto do ano.

A população que mora em regiões mais quentes geralmente sofrem com o calor, como o Vale do Ribeira que, devido a características geográficas, como: baixa altitude, superfície plana, grande volume de vegetação e a maritimidade, em virtude da proximidade com o Oceano Atlântico, a união desses fatores faz com que as temperaturas sejam mais elevadas em relação a outros lugares de latitude igual.

Assim como as pessoas, os animais também sofrem com o calor. Porém, já parou para pensar que levar o seu animal de estimação para passear neste verão pode machucá-lo? As altas temperaturas do asfalto podem queimar suas patas.

De acordo com o Instituto Santo Pet, quando está 31ºC, o asfalto pode estar com aproximadamente 62ºC. Em dias de 25ºC, o asfalto também continua bem quente: 52ºC.

O clima quente pode causar graves ferimentos na pata do animal, além de ocasionar insolação e hipertermia. A ‘almofada da patinha’, denominada de Coxins, é o pior local para ocorrer uma queimadura, já que é uma região difícil de tratar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

 

Ferimentos como bolhas, corte e o deslocamento da pele podem prejudicar a cura, já que o perigo de ocasionar uma infecção é bem maior. Além disso, como essa região tem um constante contato com o solo, a cicatrização é mais lenta.

Raças específicas de cachorros como Pugs e os Buldogues são os que mais sofrem. O ar quente traz problemas respiratórios, sendo os mais frequente o "estresse térmico", síndrome que pode ser fatal para o animal.

Afinal, como prevenir?

Para prevenir ferimentos e queimadura nos coxins da pata do animal, passeie com ele apenas em horários de sol baixo, normalmente antes das 8h ou depois das 20h.

Se puder, ande descalço ou coloque as costas da sua mão na calçada para verificar a temperatura do chão. Às vezes mesmo depois do sol ter ido embora o asfalto continua quente.

Lembre-se que o gramado ou chão com sombra é sempre mais fresco que o asfalto que recebe a luz direta; dê preferência para esses locais na hora do passeio.

Umedecer a patinha do cachorro durante o passeio também é uma alternativa; leve uma garrafa de água reserva para isso.

Se infelizmente seu cãozinho já apresenta queimadura ou descolamento de pele nos coxins; pata descascando ou patinha machucada, é preciso realizar o tratamento urgente. Aí não tem jeito: é necessário levá-lo ao veterinário o mais rápido possível.