Petar está entre os destinos mais pesquisados do Brasil em 2019

Parque é considerado um dos mais importantes refúgios da vida selvagem da região sudeste do Estado

Por Redação 27/03/2019 - 12:10 hs
Foto: Divulgação/PetarOnline

Uma pesquisa divulgada nesta última quarta-feira (27), mostra que o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR) é um dos 10 pontos turísticos mais pesquisados na internet pelos brasileiros em 2019. O levantamento foi feito pela SEMrush, através do acesso a quantidade de pesquisas realizadas em mecanismos de busca (como Google, Yahoo e Bing) pelos brasileiros.

Segundo a pesquisa, o PETAR ficou em nono lugar no ranking. Localizado no Vale do Ribeira, o local é amplamente conhecido pelos passeios nas cavernas, cachoeiras e florestas. O ponto turístico tem uma média de 15 mil buscas mensais de pessoas interessadas em saber mais informações ou planejar a próxima viagem.

 

Criado por um decreto em 1958, o Parque abriga a maior porção de Mata Atlântica no Brasil e é reconhecido pela UNESCO como patrimônio da humanidade, por ser uma das unidades de conservação mais importantes do mundo.

Localizado entre as cidades de Apiaí e Iporanga, o PETAR é considerado um dos principais refúgios da vida selvagem da região sudeste do Estado, sendo um dos mais significativos corredores ecológicos que conecta os mais importantes remanescentes da Mata Atlântica do Brasil.

O Parque possui mais de 300 cavernas, dezenas de cachoeiras, trilhas, além de abrigar comunidades tradicionais e quilombolas. No local também é possível encontrar uma grande diversidade de aves, mamíferos de grande porte, além de córregos e rios com águas cristalinas.

O PETAR faz parte do Mosaico de Unidades de Conservação do Paranapiacaba, composto ainda pelo Parque Estadual Intervales, Parque Estadual Carlos Botelho, Parque Estadual Nascentes do Paranapanema, Estação Ecológica Xitué e Área de Proteção Ambiental Estadual da Serra do Mar.

Confira o ranking completo dos principais pontos turísticos buscados na internet em 2019:

1.         Pão de Açúcar (RJ) - 334 mil

2.         Cristo Redentor (RJ) - 92 mil

3.         Ilha do Mel (PR) - 80 mil

4.         Elevador Lacerda (BA) - 31

5.         Pomerode (SC) - 31 mil

6.         Praia do Espelho (BA) - 24 mil

7.         Pelourinho (BA) - 21 mil

8.         Corcovado (RJ) - 20 mil

9.         Petar (SP) - 15 mil

10.       Centro Cultural Banco do Brasil - 13,5 mil

Outras informações sobre o PETAR:

•          O PETAR fica aberto à visitação de terça-feira à domingo, das 08 às 17h.

•          O ingresso custa R$15, 00 por pessoa, mas visitantes de até 12 anos ou com idade superior aos 60 anos não pagam e pessoas com deficiência também estão isentas da taxa. Estudantes que apresentarem documento pagam metade do valor.

•          O pagamento é realizado somente com dinheiro, não é aceito cheques, cartões de crédito ou débito ou qualquer outra forma de pagamento.

•          Para visitar as cavernas e na maior parte das atrações é obrigatório estar acompanhado pelo Monitor Ambiental Local.

•          É obrigatório estar vestindo calça, camiseta e calçar tênis, regatas, sandálias ou blusinhas não são permitidas.

•          A utilização de equipamentos de segurança também é obrigatória.