Vídeo: Exercício de simulação de incêndio é realizado no SENAC Registro

A operação contou com a ação de 15 brigadistas e da equipe do Corpo de Bombeiros do município

Por Redação 18/04/2019 - 16:33 hs
Foto: Registro Diário

 

Uma simulação de incêndio mobilizou, na tarde da última terça-feira (16), os alunos e profissionais do Senac Registro. A ação colocou em prática um plano de abandono do prédio em caso emergência, previsto em todos cursos como atividade obrigatória e usado como instrumento de avaliação. A ação teve a duração de 4 minutos, desde a evacuação do prédio até a finalização com resgate de vítima.

A simulação foi toda preparada pela equipe da Brigada de Incêndio do Senac e aconteceu de forma sigilosa. O exercício contou com a participação do Corpo de Bombeiros do município, além da simulação de uma vítima na unidade.

O treinamento iniciou por volta das 14h04, com o acionamento do alarme após a identificação do incêndio. Em seguida, a equipe do Corpo de Bombeiros é acionada enquanto todos os alunos e funcionários evacuam o prédio. O tempo de evacuação foi cronometrado a partir do momento que o alarme é acionado e, após o resgate da vítima fictícia, realizada pelos bombeiros, é finalizada a contagem.

Segundo Alessandro, Coordenador dos brigadistas do Senac, após o alarme de incêndio ser acionado, toda a equipe se posiciona em pontos estratégicos, que são os lugares de mais fácil acesso aos alunos e aos funcionários para o ponto de evacuação.

A unidade possui 15 brigadistas e 8 socorristas e ambos têm a função de preparar pessoas para atuarem em situações emergenciais, operando equipamentos de combate a incêndios, auxiliando no plano de abandono, identificando produtos perigosos e reconhecendo seus riscos ou prestando os primeiros socorros.

Todo esse treinamento é realizado, pelo menos, duas vezes ao ano. Fazemos uma espécie de reciclagem, buscando fazer o menor tempo possível de evacuação sem nenhum tipo de transtorno. Nós também nos reunimos mensalmente, para fazer os alinhamentos de tudo o que ocorreu durante a evacuação anterior e o que pode acontecer nas posteriores” – informou Alessandro.

Exigida por lei, a brigada de incêndio é uma condição geralmente necessária para a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Este documento certifica que a unidade possui as condições de segurança contra incêndio, contemplando medidas estruturais, técnicas e organizacionais integradas, que possam garantir à unidade proteção no segmento de segurança contra incêndios.

Conforme o Comandante do Corpo de Bombeiro de Registro, Sargento Bilobio, desde que os bombeiros são acionados, eles têm um tempo, durante o dia, de 30s para estar saindo do quartel, e à noite, no máximo 1min.

O Sargento ainda destaca que a integração do Corpo de Bombeiros com o Senac é de extrema importância, já que em caso de ocorrência real, todos já estarão cientes do que será feito. “Tudo isso tem o objetivo de uma ação rápida e ciente, para não ocorrer uma eventual vítima. Dependendo da ocorrência, o Corpo de Bombeiros usa como estratégia o isolamento do local e a identificação de possíveis vítimas e, com esse treinamento, a operação será mais rápida, evitando ao máximo qualquer tipo de perda” – relata o Sargento Bilobio, juntamente com a sua equipe, Cabo Douglas e Cabo Reis.

Para a Denize Lopes, aluna do curso de Podologia, com esse treinamento, os alunos da unidade se sentem mais seguros, já que ao escutarem o alarme, todos já sadbem o que se trata e o que deve ser feito, evitando problemas na hora da evacuação.

“Eu acho esse treinamento muito importante, pois caso realmente ocorra um incêndio, todos sabemos qual é o procedimento correto. Toda a evacuação foi muito organizada. Antes de iniciar o curso aqui no Senac, nós recebemos instruções de como tudo deve ser feito” – relata.

De acordo com o diretor do Senac, Robert do Anjos, esse treinamento tem um papel fundamental não só em caso de ocorrência no Senac, mas em qualquer situação que pode pôr em risco a vida da pessoa.

“No caso do Senac, essa simulação nos proporciona ter profissionais no seu quadro, preparados para agir de forma eficaz e eficiente, para amenizar ao máximo os impactos gerados por um possível acidente. Se em uma situação real nós tivéssemos um caso como esse, poderíamos salvar muitas vidas. Contamos muito com a parceria do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar de Registro” – finaliza.