Grupo de Taiko de Registro representa o Vale do Ribeira no Palácio dos Bandeirantes

Apresentação foi no evento de lançamento do programa “Vale do Futuro”, onde o Governador de SP entrou ao som dos tambores

Por Assessoria 22/10/2019 - 21:04 hs
Foto: Divulgação

 

O som dos tambores japoneses ecoou por todo o Palácio dos Bandeirantes na última quinta-feira (17). O grupo de taiko de Registro, Ribeira Ryofu Daiko, representou o município e a região do Vale do Ribeira na abertura oficial do evento de lançamento do programa “Vale do Futuro”, uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo que tem como objetivo busca desenvolver toda a região.

Tendo início às 11h00, com um público de mais de 2 mil pessoas entre autoridades públicas, empresários, representantes da sociedade civil e lideranças comunitárias do Vale do Ribeira, o som calmo e marcante da flauta de bambu, denominada de Fuê pelos praticantes, soou pelo auditório, acompanhado pelo Odaiko, o maior tambor entre os instrumentos, que fez todos vibrarem com um breve solo logo em seguida.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE 

 

Com olhares e câmeras voltados no espetáculo, o pico da apresentação foi marcada após todos os tocadores entrarem em cena. A música apresentada pelo grupo é denominada de Iro (cores), composta por diversos solos, os quais cada um representa uma cor. São elas: Preto, Branco, Amarelo, Vermelho, Azul e Laranja. O instrumento principal é o grande Odaiko, que fica no meio do palco, onde cada tocador esbanja a representação das cores durante os solos.

Durante a apresentação, o Governador de São Paulo, João Dória (PSDB), entrou ao som dos tambores, juntamente com o vice-governador e secretário estadual, Rodrigo Garcia.

No fim do espetáculo, o grupo foi ovacionado em pé por todo o público presente. “Para nós, fazer a abertura do lançamento do programa “Vale do Futuro”, além de ser um privilégio, é um reconhecimento muito grande do nosso trabalho. Agradecemos imensamente a Secretaria de Cultura de Registro por nos dar essa oportunidade”, diz o tocador e coordenador do grupo, Danillo Sakuma.

Ainda de acordo com Danillo, o programa é uma oportunidade de contribuir com a difusão do fomento da cultura e turismo da região: “Esperamos que esse programa ajude os grupos artísticos e culturais do Vale do Ribeira a se desenvolverem, tendo cada vez mais  oportunidade expandir seus trabalhos dentro de toda a nossa região e, inclusive, fora dela, seja no estado de São Paulo ou em outros estados do país”, conclui.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE 

 

Sobre o grupo

O grupo Ribeira Ryofu Daiko é um grupo de percussão japonesa e faz parte como o Departamento de Wadaiko da Associação Cultural Nipo-Brasileira da cidade de Registro/SP (BUNKYO).

"Ribeira Ryofu Daiko" tem como significado a ressonância do som dos Taikos sobre as brisas do Rio Ribeira de Iguape.

Teve início em 2002, quando os fundadores - Sr. Kuniei Kaneko juntamente com sua esposa Sra. Keiko Kaneko trouxeram para a cidade de Registro o professor Yukihisa Oda/sensei que estava pela primeira vez difundindo essa arte pelo Brasil. Assim, foi criada a primeira turma de tocadores deste grupo.

Em 2008 participou com 40 integrantes da comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, onde foram reunidos mais de 1200 tocadores de todo o Brasil para tocar a música "Kizuna" no Sambódromo do Anhembi em São Paulo na presença do Príncipe Naruhito do Japão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em 2009 foi contemplado como "Ponto de Cultura" pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e o Ministério de Cultura, onde foram selecionados 300 grupos culturais dentre 1999 inscritos em todo o Estado.

Em 2014 foi contemplado no programa "PROAC Editais - Promoção das Culturas Populares e Tradicionais" da "Secretaria de Cultura" com o Projeto "Taiko - O Som de uma Tradição".

Atualmente o grupo conta com cerca de 70 tocadores de 6 a 50 anos, que praticam aos sábados das 14h às 21h, no Centro de Formação Artística Municipal de Registro.

 

Fonte: Ribeira Ryofu Daiko