Polícia fecha fábrica ilegal de palmito em Sete Barras e quatro homens são multados em mais de R$800 mil

Fábrica ficava localizada no bairro Laranjeirinha, próximo à rodovia Empei Hiraide (SP-139)

Por Redação 07/02/2020 - 15:24 hs
Foto: Divulgação / Polícia Militar Ambiental

 

A Polícia Militar Ambiental fechou uma fábrica clandestina de palmitos, na manhã desta sexta-feira (7), no município de Sete Barras. Quatro homens foram multados em mais de R$ 800 mil.

Conforme apurado pelo Registro Diário, a fábrica ficava localizada no bairro Laranjeirinha, próximo à rodovia Empei Hiraide (SP-139), em um sítio chamado "Sítio Belas Águas". Após receberem uma denúncia, os policias foram acionados no local por volta das 10h00, onde encontram um veículo que estava saindo da propriedade rural em sentindo rodovia.

De acordo com as autoridades, havia dois homens no interior do veículo. Os policiais realizaram uma vistoria no automóvel e localizaram vestígios de transporte de palmitos in natura (tocos de palmitos) no porta-malas. À polícia, eles informaram não ter envolvimento no crime, porém não souberam explicar os vestígios encontrados no veículo.

Já no sítio, a equipe localizou 161 hastes de palmitos juçara in natura, dispostos em 02 feixes, 104 vidros de 1,8 kg cada, contendo palmitos, totalizando 187,2 kg, 24 vidros com capacidade para 1,8 kg cada, vazios, 04 kg de sal, 125 tampas de metal para vidros de 1,8 kg, 02 medidores de madeira, e 01 tambor plástico azul, com capacidade para 40 litros.

Havia dois homens no imóvel e o motorista do veículo confessou ter transportado os palmitos in natura. Os quatro indivíduos receberam uma multa no valor total de $ 835.680,00, em razão da infração ter sido cometida no interior de uma Unidade de Conservação.

Os materiais o veículo foram apreendidos e o caso foi registrado na Delegacia sede do município de Sete Barras.