Mulher morre durante visita às cavernas de Iporanga

Turista era de Limeira e começou a passar mal na entrada da última caverna

Por Redação 27/02/2020 - 09:00 hs
Foto: Reprodução Internet

Uma mulher de 44 anos que visitava o circuito de cachoeiras e cavernas de Iporaganga, passou mal e veio a óbito na tarde do último sábado (22). A turista chegou a receber massagem cardíaca até a chegada da ambulância, mas esboçou nenhuma reação ou melhora e faleceu no local.

Segundo informações, a cerimonialista morava em Limeira e veio para região do Alto Ribeira acompanhada de seu namorado para aproveitar o feriado prolongado nas cachoeiras e cavernas do Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR).

De acordo com as informações, por volta das 16h30 quando chegou na entrada da última caverna, a turista começou a passar mal, sentindo um forte cansaço e sentou do lado de fora, pedindo que seu companheiro tirasse fotos do interior da caverna para mostrar a ela depois.

Ainda de acordo com as informações, ele foi chamado com urgência pois sua namorada estava desacordada do lado de fora. A mulher chegou a receber massagem cardíaca por, cerca de, 30 minutos, mas não houve nenhuma melhora ou reação e meia hora depois a ambulância chegou no local e constatou o óbito.

Segundo as informações, a vítima tinha problemas de pressão alta e usava remédios contínuos e a causa da morte foi um edema pulmonar grave.